Conflito entre rebeldes islâmicos e tropas somalis matam 20

Conflitos entre rebeldes islâmicos e tropas somalis mataram pelo menos 20 pessoas neste sábado, incluindo uma importante autoridade policial e um militante estrangeiro, no combate mais pesado em uma semana, disseram locais.

REUTERS

11 Julho 2009 | 15h10

O governo do presidente Sheikh Sharif Ahmed está lutando para tomar o controle sobre a nação africana e a capital Mogadishu de combatentes da posição.

Soldados do governo enfrentaram rebeldes no norte de Mogadishu, onde trocaram tiros, segundo habitantes.

"As ruas estão assustadoras e cheiram sangue hoje", disse Ali Musa, motorista de ambulância, à Reuters.

Uma autoridade policial sênior afirmou que o diretor do departamento de segurança de Mogadishu foi morto nos conflitos durante a manhã deste sábado.

(Reportagem de Abdi Guled e Ibrahim Mohamed)

Mais conteúdo sobre:
SOMALIA CONFLITO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.