Corpo de turista morto no Rio será enviado para França

O corpo do turista morto ao cair de um bondinho na última sexta-feira, no Rio de Janeiro, será enviado para a França dentro de sete dias, segundo informações do consulado francês. Charles Damien Pierson, de 24 anos, morreu ao cair do bondinho que trafegava sobre os Arcos da Lapa, a 17,6 metros de altura. Ele viajava no estribo, do lado de fora do veículo, e perdeu o equilíbrio ao inclinar o corpo para tirar uma fotografia.

SOLANGE SPIGLIATTI, Agência Estado

27 Junho 2011 | 13h13

De acordo com o consulado, o corpo está em um agência funerária e aguarda autorização de repatriamento e documentos da Polícia Civil e do próprio consulado para a liberação, que deve acontecer em no máximo sete dias. A família de Charles Damien já foi avisada sobre sua morte e, segundo o consulado, não virá ao Brasil para acompanhar o transporte do corpo. O caso está sendo investigado pela 5ª Delegacia de Polícia (Mem de Sá).

Mais conteúdo sobre:
turista morte Rio França

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.