Corpo de vítima do acidente com helicóptero chega ao IML

O corpo do técnico de segurança do trabalho, Marcelo Manhães dos Santos, de 28 anos, vítima do pouso forçado com o helicóptero da BHS ontem, nas proximidades da Plataforma 18, na Bacia de Campos, foi o primeiro a chegar ao Instituto Médico Legal de Macaé nesta manhã. Informações não oficiais apontam que há outros três mortos ainda não identificados e que estariam sendo removidos da plataforma para o IML, mas não há confirmação da Petrobras. Na sua última nota, ontem à noite, a empresa confirmou uma morte e quatro desaparecimentos. Oficialmente a empresa não deu nenhuma informação sobre a identificação dos mortos. O nome de Marcelo Manhães foi revelado à imprensa pela guia de remoção do cadáver da Polícia Civil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.