Dilma quer que assentados 'tenham condições de viver'

Em evento na noite desta terça-feira com trabalhadores e trabalhadoras rurais, a presidente Dilma Rousseff afirmou o desejo de que os assentados tenham condições de viver. "A terra precisa ser produtiva, não pode colocar em qualquer terra. Não é possível justificar que a terra já foi dada e a coisa está resolvida. O governo não fará isso. Vou acelerar a reforma agrária com terras de qualidade."

RAFAEL MORAES MOURA, Agência Estado

05 de março de 2013 | 21h30

A presidente prometeu ampliar crédito e também a assistência técnica aos assentados. Falou da intenção de criar uma agência que trataria da questão dos créditos para a agricultura familiar. "Nós comemoramos nesse ano uma política bem-sucedida de agricultura familiar, com o Pronaf. Estamos saindo de R$ 2,5 bilhões e agora estamos com R$ 18 bilhões. Mas se gastarem mais, eu aumento. Não sei quanto vai ser neste ano, se gastarem mais, vamos aumentar. Queremos ampliar o crédito", disse.

Tudo o que sabemos sobre:
Dilmaassentados

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.