Eletrobras inaugura parque eólico de US$100 mi com UTE no Uruguai

A brasileira Eletrobras e a empresa estatal de energia uruguaia UTE inauguraram neste sábado um parque eólico que custou investimentos de 100 milhões de dólares, visando abastecer as redes elétricas de ambos os países.

REUTERS

28 Fevereiro 2015 | 16h05

O empreendimento "Artilleros", em Colônia, a 130 quilômetros de Montevidéu, tem 31 aerogeradores de 90 metros de altura, com capacidade de produzir 65 megawatts cada um.

"Vai beneficiar o Brasil e o Uruguai. Trata-se da integração do sistema elétrico dos dois países, disse a presidente brasileira, Dilma Rousseff. "Vai dar mais segurança para as nossas populações e uma energia de melhor qualidade e mais barata", acrescentou.

"É um marco nos esforços de integração, de fazer as coisas em conjunto com os governos da região. Eu acho que é uma caminho que devemos procurar avançar", disse o presidente do Uruguai, José Mujica, que no domingo passa o poder ao seu companheiro Tabaré Vázquez.

Para a construção do parque, UTE e Eletrobras aportaram 15 milhões de dólares cada uma e os restantes 70 milhões de dólares foram financiados pelo Banco de Desenvolvimento da América Latina.

(Por Esteban Farat)

Mais conteúdo sobre:
EMPRESAS EOLICA ELETROBRAS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.