Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Em SP, 13 manifestantes continuam presos

Treze pessoas continuam detidas em delegacias de São Paulo por causa do protesto contra o aumento da tarifa de ônibus na noite de terça-feira, 11, quando houve confrontos com a Polícia Militar na região central da cidade. A informação é da Secretaria de Segurança Pública, que somou 11 detidos no 78º DP (Jardins) e outros dois no 2º DP (Bom Retiro). Os manifestantes deixaram um rastro de destruição na cidade.

RENATO VIEIRA E LUCIANO BOTTINI FILHO, Agência Estado

12 de junho de 2013 | 10h17

Inicialmente foram detidas 17 pessoas no 78º DP, mas seis delas já foram liberadas. Segunda a Secretaria de Segurança, o grupo foi acusado de crime de dano e formação de quadrilha. Para um dos suspeitos, foi fixada fiança no valor de R$ 20 mil.

Já no 1° DP (Sé), de acordo com a pasta, duas pessoas foram presas em flagrante por dano qualificado, lesão corporal e desacato à autoridade. Segundo a secretaria, eles picharam a lateral do prédio do Tribunal de Justiça e jogaram pedras nos homens da corporação. A fiança de ambos foi estabelecida em R$ 3 mil. Eles foram transferidos para a carceragem do 2º DP. Depois, deverão seguir para um Centro de Detenção Provisória.

Tudo o que sabemos sobre:
tarifasprotestoSPprisões

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.