Empresário morre em queda de helicóptero

O empresário Gilberto Ramalho, de 66 anos, morreu carbonizado na tarde de ontem após uma pane em um helicóptero Agusta, durante o pouso em sua fazenda em Itupeva, região de Jundiaí (SP). De acordo com o Corpo de Bombeiros, o piloto ficou gravemente ferido e está internado na UTI do Hospital São Vicente, de Jundiaí. Outros quatro ocupantes tiveram ferimentos leves. Segundo os bombeiros, o helicóptero partiu do litoral do Rio de Janeiro.

Agencia Estado

06 de janeiro de 2009 | 05h13

Tudo o que sabemos sobre:
helicópteroqueda

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.