EUA e Coréia do Norte avançam em negociações

Países fazem encontro de dois dias para discutir o programa nuclear norte-coreano.

BBC Brasil, BBC

01 de setembro de 2007 | 20h52

Representantes de Estados Unidos e Coréia do Norte se mostraram otimistas após o primeiro dos dois dias de reuniões, neste sábado, em Genebra, como parte de um processo pelo fim do programa nuclear norte-coreano."Hoje aconteceu uma das discussões mais substanciais que já tivemos", disse o negociador americano, Christopher Hill."Falamos sobre vários aspectos necessários, mas ainda temos muito o que discutir."O negociador norte-coreano, Kim Kye-gwan também considerou o encontro positivo. "O encontro de hoje foi bom, mas a conferência ainda está acontecendo, então tenho que dizer depois (se foi decisiva)", disse ele.Correspondentes dizem que o encontro em Genebra é um sinal de progresso, mas levará anos para que as relações entre os dois países sejam normalizadas.As conversas deste sábado começaram com um gesto conciliatório vindo do governo americano: a oferta de alimentos para ajudar a Coréia do Norte a se recuperar de recentes enchentes que destruíram o país.A reunião ocorre depois que os dois países fecharam um acordo pelo qual os Estados Unidos ofereceriam ajuda financeira e incentivos diplomáticos à Coréia do Norte, em troca de o país desmantelar seu programa nuclear.Os negociadores americanos em Genebra dizem esperar conseguir que os norte-coreanos declarem todas as suas instalações nucleares e concordem em desativá-las.Mas ainda há muitos obstáculos.O governo norte-coreano já fechou um reator de plutônio, mas existem temores de que esteja tentando realizar o enriquecimento de urânio.Os Estados Unidos esperam que a Coréia do Norte se explique melhor em relação a essa suspeita.Por outro lado, os norte-coreanos querem ser removidos da lista americana de países que apóiam o terrorismo.As autoridades americanas parecem dispostas a concordar com isso, mas devem consultar o governo japonês antes.O Japão acha que a Coréia do Norte deveria dar mais informações sobre o seqüestro de cidadãos japoneses nos anos 70, antes de ser agraciada com laços diplomáticos.Mesmo com as dificuldades que se apresentam, diplomatas acreditam que se as negociações em Genebra avançarem, elas podem abrir caminho para que mais instalações nucleares norte-coreanas sejam fechadas até o fim do ano.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.