EUA monitoram 76 pessoas que tiveram possível contato com vítima de Ebola

Autoridades de Saúde dos Estados Unidos disseram nesta terça-feira que estão monitorando 76 pessoas que podem ter tido contato com o paciente Thomas Ducan, morto por Ebola, depois que ele foi hospitalizado em Dallas.

REUTERS

14 de outubro de 2014 | 17h43

O monitoramento adicional foi imposto depois da confirmação de que uma enfermeira que cuidou de Duncan se infectou com o vírus mortal. O Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA (CDC, na sigla em inglês) já monitora 48 pessoas que podem ter tido contato direto ou indireto com Duncan antes da internação.

(Reportagem de Michelle Gershberg)

Mais conteúdo sobre:
SAUDEEUAMONITORA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.