Fumante e obeso devem pagar mais por seguro-saúde

Para mais da metade dos americanos, os fumantes deveriam pagar maiores cotas por seus seguros médicos. Quase um terço pensa o mesmo a respeito dos obesos, segundo uma pesquisa divulgada no site da revista Health Affairs. A pesquisa apontou que 60% dos entrevistados apóiam a idéia de que os fumantes paguem mais por seu seguro médico. Para 30% dos consultados, os obesos também devem pagar mais.Segundo a pesquisa, os consumidores americanos consideram que pessoas obesas e os fumantes devem pagar mais "por sua conduta pouco saudável" e por razões de "responsabilidade pessoal". A pesquisa foi publicada uma semana depois de os democratas, que fizeram da saúde um tema prioritário, recuperarem o controle do Congresso.Além disso, 80% dos 1.517 americanos entrevistados acreditam que o sistema de saúde dos EUA precisa de uma reforma, já que pouco mais de 46 milhões de pessoas (cerca de 16% da população) carecem de assistência médica no país.Atualmente, cerca de 20% das grandes empresas nos EUA já oferecem descontos aos trabalhadores que não fumam. Analistas prevêem que a tendência vai continuar.Dois terços dos pesquisados acham que o governo tem a responsabilidade de oferecer serviços de saúde a todos os cidadãos. Mas 55% dizem que o seguro de saúde deve ser apenas para os pobres e os desempregados.Vários grupos do setor privado da saúde, representados pela organização America´s Health Insurance Plans, apresentaram um projeto de US$ 300 bilhões para, em 10 anos, oferecer assistência médica aos pobres e, posteriormente, ao restante da população.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.