Geleira derrete e Suíça ganha 150 m de terra italiana

A Suíça ampliou a sua fronteira às expensas da Itália, por causa do derretimento de uma geleira no alto dos Alpes. O governo suíço informou hoje que aprovou a ampliação da fronteira em 150 metros para dentro do território italiano em algumas áreas alpinas.

AE-AP, Agencia Estado

19 Agosto 2009 | 14h43

As mudanças aconteceram após o Escritório Federal de Topografia da Suíça descobrir que a linha divisória que determinava a fronteira desde 1942 se moveu, por causa do derretimento de geleiras e de campos permanentemente nevados na fronteira.

O topógrafo Daniel Gutknecht diz que a Suíça agora está "um pouco maior" mas acrescentou que "nós não vamos corrigir o atlas". A Embaixada da Itália em Berna informou que a mudança foi previamente aprovada por Roma.

Mais conteúdo sobre:
SuícaItáliaterritóriogeleira

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.