Google pede desculpas a Michelle por foto

O Google pediu desculpas por uma imagem racista da primeira-dama dos EUA, Michelle Obama, que aparece no topo da lista quando os usuários buscam imagens dela no site. A empresa colocou um texto sobre a imagem intitulado "resultados de busca ofensivos" e divulgou uma carta sobre o incidente. A Casa Branca não quis comentar o caso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.