Greve de ônibus em cidades do RJ afeta 1 mi de pessoas

Cerca de 20 mil rodoviários de seis municípios no Estado do Rio - Niterói, São Gonçalo, Itaboraí, Maricá, Rio Bonito e Tanguá, todos no entorno da capital - estão em greve desde o início da manhã de hoje. Segundo o diretor da Federação das Empresas de Transporte do Rio de Janeiro (Fetranspor), João Augusto Monteiro, um milhão de pessoas estão sendo afetadas pelo movimento.

JACQUELINE FARID, Agencia Estado

27 de março de 2009 | 11h36

Ainda de acordo com a Fetranspor, as empresas propõem reajuste salarial de 7% no dissídio coletivo, já aceito pelos trabalhadores da capital fluminense, enquanto os rodoviários dessas cidades exigem um aumento de 10%. Segundo Monteiro, 12 ônibus já foram depredados, mas 70% dos carros já estão voltando a circular. A expectativa da Fetranspor é que a situação esteja normalizada até o final do dia.

Mais conteúdo sobre:
ônibusgreveRJ

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.