Gueixa ensina 'segredos da profissão' a americanos

Japonesa lança livro sobre sua jornada no ramo desde quando tinha 15 anos.

Da BBC Brasil, BBC

28 de maio de 2008 | 17h12

Uma autêntica gueixa japonesa surpreendeu os turistas nas ruas de Nova York.Komomo - que significa "pequeno pêssego" em japonês - lançou nos Estados Unidos o livro A Gueisha's Journey e diz que foi ensinar aos americanos a arte de sua profissão.O livro documenta, com texto e fotografias, a transformação de Komomo em gueixa, desde os 15 anos de idade. Todas as imagens da publicação foram feitas por Noyuki Ogino, o primeiro fotógrafo a ter acesso irrestrito ao mundo das gueixas.Komomo cresceu fora do Japão e percebeu que tinha dificuldades de explicar a própria cultura para outras pessoas. Foi então que decidiu ir morar em Kyoto e se tornar uma aprendiz de gueixa.A profissão existe há séculos no Japão, mas está se tornando cada vez mais rara. O trabalho das gueixas é entreter os homens com sua beleza e talento para canto e dança tradicionais, além de distrai-los em festas com conversas inteligentes e agradáveis.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Tudo o que sabemos sobre:
geishagueixanova yorklivrokomomo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.