Helicóptero explode e mata responsável por chacina

O esforço da Polícia Civil de Goiás em desvendar a chacina de Doverlândia acabou em tragédia. Um helicóptero explodiu no ar matando oito pessoas na tarde desta terça-feira. Na tragédia morreram os delegados Jorge Moreira e Antonio Gonçalves, além de Elias Carrasco, comandante da aeronave, e o piloto. Três peritos criminais e o assassino confesso, Aparecido Souza Alves, também morreram. A aeronave saiu da revisão segunda-feira e ainda não se sabe as causas do acidente.

RUBENS SANTOS, Agência Estado

08 Maio 2012 | 18h44

Mais conteúdo sobre:
morte policiais GO chacina

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.