Hubble encontra 16 candidatos a novos planetas na galáxia

O Telescópio Espacial Hubble encontrou 16 candidatos a planetas extra-solares (que orbitam outras estrelas que não o Sol) na região central da Via-Láctea. Os novos objetos foram descobertos durante uma pesquisa batizada Busca por Planetas Extra-Solares Eclipsadores da Janela Sagitário ("Sweeps", ou "varre", na sigla em inglês).Nesse programa de pesquisa, o Hubble buscou planetas extra-solares a uma distância maior que qualquer outra já tentada. Foram verificadas 180.000 estrelas, na área central da galáxia, a 26.000 anos-luz. Essa distância representa um quarto do diâmetro do disco da Via-Láctea. Os resultados aparecem na edição desta quinta-feira da revista Nature.A contagem verificada é consistente com o número de planetas que se esperaria encontrar nesse tipo de pesquisa. Se extrapolada para o restante da galáxia, a quantidade de novos planetas encontrada pelo Hubble permite estimar em cerca de 6 bilhões o total de planetas do tamanho de Júpiter em toda a Via-Láctea.Cinco dos novos mundos descobertos representam um novo tipo de planeta, que não havia sido encontrado em nenhuma das buscas realizadas nas regiões mais próximas da Via-Láctea. Apelidados de Planetas de Período Ultracurto (USPPs), esses mundos giram em torno de suas estrelas em menos de um dia terrestre."Descobrir esses planetas de período ultracurto foi uma grande surpresa", disse o líder da equipe responsável pela descoberta, Kailash Sahu.O Hubble não observou diretamente nenhum dos novos planetas. Os astrônomos usaram a câmera do telescópio para medir a pequena redução do brilho de cada estrela, provocado pela passagem do planeta entre o astro e a linha de visão do telescópio, um evento chamado trânsito. Para que a perda de luz fosse detectável, o planeta teria de ter o tamanho aproximado de Júpiter. Os novos corpos são chamados de" candidatos" a planetas porque ainda são necessárias novas medições para levantar mais dados sobre as descobertas.

Agencia Estado,

05 de outubro de 2006 | 19h12

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.