Índios protestam na Rio+20

Um grupo de cerca de 400 índios tentou fazer um protesto no Riocentro, onde estão reunidos chefes de Estados para a Rio+20. As duas vias da Avenida Salvador Allende foram parcialmente bloqueadas para impedir o acesso dos indígenas. Cerca de cem homens da Polícia Rodoviária Federal, do Exército e do Batalhão de Choque da Polícia Militar do Rio protegeram os acessos ao centro de convenções.

ALFREDO JUNQUEIRA, Agência Estado

21 de junho de 2012 | 12h32

Os índios, que já tinham tentado entrar no Riocentro durante protesto na quarta-feira voltaram nesta quinta-feira para entregar uma declaração de cinco páginas em que expressam sua opinião em relação à Rio+20. O chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, ministro Gilberto Carvalho, foi ao encontro dos índios e recebeu uma cópia do documento. O grupo se dispersou e voltou aos ônibus depois do encontro com o ministro.

Tudo o que sabemos sobre:
Rio+20índiosprotesto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.