Isabella: STJ rejeita pedido de liberdade para casal

Os acusados pela morte de Isabella de Oliveira Nardoni, seu pai, Alexandre Nardoni, e a madrasta, Anna Carolina Jatobá, vão continuar presos. A Quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ), formada por cinco ministros, negou hoje o pedido de liberdade apresentado pelos advogados do casal. No habeas-corpus a defesa pedia, além da revogação da prisão, a anulação da denúncia do Ministério Público Estadual de São Paulo recebida pela Tribunal de Justiça de São Paulo. A decisão foi unânime. Alexandre e Anna Carolina estão presos em Tremembé, interior de São Paulo. Isabella, de 5 anos, foi jogada pela janela do apartamento do pai, no 6º andar do edifício London, na zona norte de São Paulo, na noite de 29 de março.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.