Justiça quer que proprietário recupere Cinema Icaraí

A Justiça entrou com uma ação civil pública contra a empresa Kopex Administração e Negócios, proprietária do imóvel ocupado pelo Cinema Icaraí, em Niterói, pedindo que ela seja condenada a preservar e reparar a sala de espetáculos.

SOLANGE SPIGLIATTI, Agência Estado

04 de outubro de 2011 | 16h19

Relatórios do Instituto Estadual do Patrimônio Cultural (Inepac) demonstram os danos que estavam sendo causados ao Cinema Icaraí, principalmente pela falta de manutenção e preservação do imóvel. Entre os problemas, o abrigo de pessoas em sua área externa sem vedação e o fato de permanecer fechado sem receber obras emergenciais recomendadas pelo Instituto.

Segundo o MP, o imóvel foi construído entre as décadas de 30 e 40, em estilo Art Déco, e tem importância histórica e cultural, por ser um dos últimos remanescentes daquele estilo arquitetônico em Niterói.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.