Mais uma adutora se rompe no Rio

Mais uma adutora se rompeu nesta madrugada no Rio de Janeiro. O acidente aconteceu no bairro de Vicente de Carvalho, na zona norte. A suspeita inicial é de que uma retroescavadeira empregada na construção da linha rodoviária exclusiva Transcarioca, da Prefeitura, tenha atingido a tubulação subterrânea.

SERGIO TORRES, Agência Estado

31 de julho de 2013 | 08h09

Embora de dimensões menores do que o rompimento da adutora em Campo Grande (zona oeste), na terça-feira, 30, o vazamento alagou terrenos e ruas nas imediações da obra. Para que as pessoas possam passar, operários improvisaram pinguelas feitas com manilhas e tábuas de madeira.

O presidente da Companhia Estadual de Águas e Esgoto (Cedae), Wagner Victer, disse, nesta quarta-feira, 31, que o vazamento de água em Vicente de Carvalho "não é nada impactante", apesar do alagamento de áreas muito utilizadas pela população local. "É uma coisa muito pequena em relação à área. É coisa pontual", disse ele em entrevista ao Bom Dia Rio, da Rede Globo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.