Manifestantes protestam nas ruas do Barein antes do GP de Fórmula 1

Milhares de manifestantes da oposição saíram às ruas do Barein nesta sexta-feira para pressionar por mudanças políticas, dois dias antes do Grande Prêmio de Fórmula 1 que coloca o reino no centro da atenção global.

ALEXANDER DZIADOSZ, Reuters

19 de abril de 2013 | 13h24

A atmosfera era, em sua maioria, pacífica. Grupos de homens, mulheres e crianças carregando bandeiras do Barein, enquanto caminhavam por uma estrada em direção ao ponto de encontro.

Mas alguns jovens na aldeia de Duraz bloquearam temporariamente uma estrada com pneus em chamas, lançando fumaça negra pelo ar.

A polícia retirou os pneus para permitir a passagem do tráfego. Madeira, paus e tijolos foram usados para bloquear outra rua próxima, disseram testemunhas.

Manifestantes antigoverno e forças de segurança também entraram em confronto durante a noite. Manifestantes colocaram fogo nos pneus em estradas e a polícia disparou gás lacrimogêneo e granadas de efeito moral, informou a BBC.

A ativista da oposição Ala'a Shehabi disse à Reuters que ela acreditava que a mobilização ocorreu em cerca de 10 a 15 aldeias xiitas durante a noite, mas ela não poderia dar outros detalhes.

Muitos no país do Golfo Árabe de maioria muçulmana acusam o governo sunita de tentar usar a corrida de domingo para encobrir abusos de direitos humanos e disfarçar problemas políticos que ainda assolam o país, um aliado próximo dos EUA.

Tudo o que sabemos sobre:
BAREINPROTESTOSF1OPOSICAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.