Missão do Atlantis retomará a construção da ISS

O ônibus espacial Atlantis está em contagem regressiva para a missão denominada, oficialmente, de STS-115, mas que também está sendo chamada pela Nasa de "retorno à montagem" - já que marca a retomada da construção da Estação Espacial Internacional (ISS) após um hiato de três anos, provocado pela desintegração do ônibus espacial Columbia na atmosfera terrestre, em 2003.A previsão do tempo para o domingo, data prevista do lançamento, piorou um pouco nesta sexta-feira. Há 40% de chance de que as condições meteorológicas impeçam a decolagem às 17h30 (hora de Brasília), de acordo com Kathy Winters, responsável pela previsão do tempo para a missão. Meteorologistas também acompanham com atenção a tempestade tropical Ernesto, embora não se espere que ela possa afetar o lançamento.Durante a missão de 11 dias - com a acoplagem na ISS prevista para o dia 3 - os astronautas realizarão três caminhadas espaciais, nos dias 4, 5 e 7 da missão. As duas primeiras caminhadas envolverão atividades ligadas à retomada da construção da ISS.O Atlantis transportará 17,5 toneladas de novos equipamentos para a estação. A ampliação inclui novos painéis solares que fornecerão energia para novos módulos da ISS, que deverão ser instalados ao longo dos próximos dois anos. Os painéis se abrirão no dia 6 da missão. Como parte da nova visão para exploração espacial do presidente George W. Bush, a Nasa assumiu o compromisso de terminar a ISS até 2010, para em seguida aposentar os ônibus espaciais - naves das quais depende a constrição da estação - e concentrar-se na diretiva de levar astronautas de volta à Lua e, depois, para Marte.A agência espacial não prevê nenhuma dificuldade técnica no caminho da missão atual do Atlantis. "Todos os sistemas estão em ótima forma", disse Pete Nickolenko, diretor da Nasa.

Agencia Estado,

25 de agosto de 2006 | 18h05

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.