Mizuho nomeia ex-ministra japonesa Hiroko Ota como presidente do Conselho

O Mizuho Financial Group disse nesta terça-feira que nomeou Hiroko Ota, ex-ministra da Economia, como presidente do Conselho de Administração, uma vez que o segundo maior banco do Japão tenta reformular sua governança corporativa após um escândalo de empréstimos para a máfia.

Reuters

22 Abril 2014 | 10h04

Ota, que atualmente leciona em Tóquio no National Graduate Institute for Policy Studies, foi ministra da economia no primeiro governo do primeiro-ministro Shinzo Abe de 2006 a 2008.

O Mizuho disse também que nomeou Takashi Kawamura, ex-presidente do Conselho de Administração da Hitachi, e Tatsuo Kainaka, advogado, como diretores independentes.

As nomeações estão sujeitas à aprovação dos acionistas em uma assembleia geral programada para o final de junho.

(Por Taiga Uranaka)

Mais conteúdo sobre:
FINANCASMIZUHOFINPRESIDENCIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.