Movimento 'Mães de Maio' faz protesto em São Vicente

Vinte e três botões de rosas foram fincados na areia da Praia do Gonzaguinha nesta tarde, em São Vicente, para representar a morte de 23 jovens no decorrer do ano passado, só na Baixada Santista. Segundo a representante do movimento "Mães de Maio", Débora Maria da Silva, todos eles teriam sido vítimas de retaliações e de ataques da Polícia Militar. De acordo com familiares das vítimas, que participaram da manifestação de protesto, o objetivo era chamar a atenção das autoridades, sobretudo da esfera estadual, principalmente da Secretaria de Segurança Pública, para a coincidência das mortes, uma vez que todos os jovens foram mortos de forma violenta, a tiros, em situações que nunca ficaram muito bem esclarecidas.

ZULEIDE DE BARROS, Agência Estado

21 de abril de 2011 | 18h18

Além de familiares das vítimas, a manifestação contou com a presença de dezenas de representantes dos sindicatos de trabalhadores da Baixada Santista, que percorreram o calçadão da Praia do Gonzaguinha.

Mais conteúdo sobre:
protestopraia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.