Movimento Occupy inicia campanha de bloqueio em Hong Kong

O líder de um movimento em Hong Kong que busca mais democracia na ex-colônia britânica lançou uma campanha para bloquear o coração do centro financeiro para exigir mais liberdade.

REUTERS

27 Setembro 2014 | 15h57

A notícia veio enquanto milhares de pessoas se reuniram no centro de Hong Kong menos de 24 horas depois que a tropa de choque usou cargas de spray de pimenta para dispersar ativistas que invadiram edifícios do governo para exigir democracia.

Benny Tai, líder do movimento Occupy Central with Love and Peace, fez o anúncio depois que ele se juntou a estudantes no centro da cidade para mostrar seu apoio aos protestos.

Mais conteúdo sobre:
HONGKONGMOVIMENTOOCCUPY*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.