Mulher com 95% do corpo tatuado entra para o Guiness World Records

Julia Gnuze começou a se tatuar por causa de rara doença de pele genética.

BBC Brasil, BBC

28 de maio de 2010 | 14h21

Uma mulher de 55 anos de idade entrou para o Guiness World Record como a mulher mais tatuada do mundo.

Julia Gnuse começou a se tatuar há vinte anos e hoje tem 95 por cento do corpo coberto.

Diagnosticada com Porfiria, uma doença de pele genética que causa bolhas e cicatrizes, ela buscava uma solução que prevenisse que cutucasse as bolhas e cobrisse as cicatrizes.

Julia chama bastante atenção por causa das tatuagens e em 98 apareceu em um videoclipe da banda Aerosmith que acabou vencendo o Grammy de melhor clipe de rock naquele ano.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.