Nove consórcios disputam obras no corredor SP-Guarulhos

Corredor de 34 km está orçado em R$ 400 milhões; obra será dividida em três parte e deve começar em 2009

Elvis Pereira, estadao.com.br

14 Novembro 2008 | 17h05

Nove consórcios entraram na disputa da licitação de projetos para o corredor de ônibus que ligará a capital a Guarulhos, na Grande São Paulo. A Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU) abriu os envelopes com as propostas em sessão pública realizada na manhã desta sexta-feira, 14, em São Bernardo do Campo, no ABC paulista.     A EMTU informou que os concorrentes são: Consórcio MHS & CR; Consórcio ATP/Fernandes e Terruggi; Trends Engenharia e Tecnologia; Enerconsult S.A.; Consórcio LENC-Concremat; Encibra S.A. Estudos e Projetos de Engenharia; Consórcio Projeto Corredor Guarulhos; Consórcio Metropolitano Geométrica - Logit; e Consórcio Transporte Metropolitano.   Caberá ao vencedor desenvolver o projeto funcional dos três trechos do corredor e dos projetos básico e executivo do primeiro trecho. De acordo com a EMTU, o corredor, de 34 quilômetros, atenderá principalmente a população de Guarulhos e transportará cerca de 140 mil passageiros por dia. As obras devem ser iniciadas no segundo semestre de 2009 e estão orçadas em R$ 400 milhões.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.