PF prende quatro etíopes fugitivos em Manaus

Quatro etíopes que declararam ser fugitivos da perseguição religiosa naquele país foram presos ontem pela Polícia Federal tentando embarcar no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, em Manaus. Eles usavam passaportes falsificados de sul-africanos e pediram refúgio ao Comitê Nacional de Refugiados (Conare), em Brasília, para continuar no Brasil.Segundo o delegado da PF Marcelo Dias, Manaus ainda não havia sido usada como corredor para refugiados da Etiópia, sendo comuns os casos de colombianos. No depoimento, de acordo com o delegado, os quatro disseram não se conhecer, mas três deles - um casal e um adolescente de 16 anos - foram detidos no aeroporto ontem e um outro adulto foi preso no mesmo local anteontem. O que foi preso sozinho, Efren Fasil Akalu, de 38 anos, foi detido em flagrante tentando embarcar para o Canadá. Os outros três, Amiose Bonjani, Josephine Sibonyhile e o adolescente, foram presos tentando embarcar para a Colômbia."Os três disseram que se conheceram após chegar, o casal em outubro e o rapaz em setembro, como clandestinos em um barco no porto de Santos. Lá começaram a viajar de ônibus e de barco com o intuito de sair do Brasil para qualquer país da América Central ou Canadá, onde falassem inglês", disse o delegado.Os quatro anunciaram que tinham pouco dinheiro, mas poderiam ter viajado de avião. Só não o fizeram antes por medo de serem pegos com os passaportes falsos, com a naturalidade da África do Sul. Segundo o delegado, até que seja deferido ou não o pedido de refúgio, os três adultos ficarão detidos na Cadeia Pública, para onde foram transferidos no início da tarde de hoje. O garoto foi levado para a delegacia de proteção à criança e adolescente.Em depoimento, os três disseram que sofriam perseguição religiosa na Etiópia por terem se convertido ao cristianismo. Efren teria afirmado que trabalhava na agricultura e tinha concluído curso superior, mas não conseguiu emprego na área de biologia por conta da perseguição.

LIEGE ALBUQUERQUE, Agencia Estado

08 de novembro de 2007 | 18h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.