Presa quadrilha suspeita de ligação com PCC

Dois homens tentaram depositar R$ 328 mil em uma agência bancária; quatro pessoas foram detidas

DANIELA DO CANTO E RICARDO VALOTA, Agencia Estado

19 de junho de 2009 | 02h10

Três homens e uma mulher foram detidos nesta quinta-feira, 18, após dois dos integrantes da quadrilha tentarem depositar R$ 328 mil em uma agência bancária de São Bernardo do Campo, no Grande ABC. OS policiais foram acionados pela gerente do banco, que suspeitou da idoneidade da dupla ao ver o valor que iria ser depositado. Fora do banco foi preso um casal.

 

Segundo a integrante da suposta quadrilha, os dólares pertencem a Leandro Peterson Severino, de 36 anos, o suposto "cabeça" do grupo. Leandro, que estava com documento falso, era um dos que tentaram realizar o depósito. O grupo foi levado para a Delegacia Seccional e autuado por formação de quadrilha e porte ilegal de arma.

 

A PM afirma que interceptou uma ligação que teria chegado para um dos quatro detidos e que, pelo conteúdo da conversa, há forte indício de que a quadrilha tenha ligação com o Primeiro Comando da Capital (PCC).

Mais conteúdo sobre:
SPprisão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.