Presidente do Timor Leste é ferido em ataque

O presidente do Timor Leste,José Ramos-Horta, foi baleado e ficou gravemente ferido nestasegunda-feira, numa tentativa de assassinato deflagrada em suaresidência, em Dili, por parte de soldados rebeldes. O primeiro-ministro Xanana Gusmão também foi alvo de outroataque, também na segunda-feira pela manhã, segundo autoridadesdo país. Em Dili, moradores disseram que a capital aparentavatranquilidade, e Gusmão informou que o estado de Ramos-Hortaera estável depois do ataque, no qual um líder rebeldeimportante foi morto. O presidente, que dividiu o Nobel da Paz em 1996 com obispo Carlos Belo por sua luta pacífica pela independência doTimor Leste da ocupação indonésia, passou por uma cirurgiarealizada por uma equipe militar australiana, em Dili, antes deser transferido para Darwin, no norte da Austrália. "Este é um sério atentado contra o Estado democrático",disse Gusão em uma entrevista à imprensa. (Reportagem adicional de Adhityani Arga e Muklis Ali emJacarta, Rob Taylor em Canberra e Michael Perry em Sydney)

TITO BELO, REUTERS

11 de fevereiro de 2008 | 07h26

Tudo o que sabemos sobre:
TIMORRAMOSHORTAFERIDO

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.