Rio faz testes com asfalto ecológico em ruas e estradas

Os governos municipal e estadual do Rio estão investindo em tecnologias ecológicas para pavimentação de ruas e estradas. Na semana passada, a Secretaria Municipal de Obras aplicou um pigmento verde em um trecho de 350 m² da Estrada Dona Castorina, no Jardim Botânico. O uso do material é um teste para que os técnicos possam conhecer a forma de produzir e aplicar o revestimento, que tem como vantagem tornar o asfalto mais resistente à deformação.

ANDREA VIALLI e TALITA FIGUEIREDO, O Estado de S.Paulo

20 de dezembro de 2010 | 00h00

A intenção da Prefeitura é empregar o asfalto colorido em ciclovias e parques. A pigmentação, que pode ser azul, verde, amarela, vermelha ou branca, é feita com temperaturas abaixo de 140ºC, o que reduz as emissões de gases de efeito estufa.

O Departamento de Estradas e Rodagens do Rio (DER-RJ) também começou a reformar este ano um trecho de 35 km da RJ-122, entre Guapimirim e Cachoeiras de Macacu, com asfalto borracha, que leva 20% de pó de pneus velhos. "É uma inovação brasileira" diz o presidente do DER-RJ, Henrique Ribeiro. Até março, o trecho estará pronto.

BIODIVERSIDADE

Unesp terá hospital para animais silvestres

A Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Unesp em Botucatu (SP) terá um hospital exclusivo para animais selvagens. Um dos objetivos será atender animais silvestres vítimas de atropelamentos e de outros acidentes. O aumento dos desmatamentos e outras formas de degradação da natureza têm elevado o número de acidentes com esses animais e o projeto pretende mitigar em parte o prejuízo ambiental e preservar espécies.

VEÍCULOS

Selo une dados sobre consumo e poluição

Os carros fabricados a partir do próximo ano sairão da fábrica com uma etiqueta conjunta do Ibama e do Inmetro contendo informações sobre a eficiência energética e as emissões de poluentes. Os dois órgãos assinaram portaria a unificando o Nota Verde - programa do Ibama que classifica os veículos leves de acordo com as emissões de poluentes - e a etiqueta do Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular (Pbev), do Inmetro, relativa ao consumo de combustível. A portaria também definirá novos critérios para o porcentual do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para veículos, com base em indicadores ambientais. O tema está em estudo no Ministério da Fazenda.

FLORA

Maior flor do mundo desabrocha em MG

A famosa "flor-cadáver"( Amorphophallus titanum) está prestes a florescer no Jardim Botânico Inhotim, em Brumadinho (MG). Plantada a partir de sementes enviadas ao curador botânico do Inhotim, Eduardo Gonçalves, há cerca de 10 anos, o material cresceu na estufa construída para abrigá-la. A flor pode chegar a três metros de altura

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.