Seis pessoas seguem internadas após acidente com adutora

Dos sete feridos do acidente com a adutora no bairro de Campo Grande (zona oeste do Rio) encaminhados para o Hospital Estadual Rocha Faria, apenas uma já recebeu alta: uma mulher, de 29 anos, com escoriações leves pelo corpo. Entre as seis vítimas que continuam internadas há duas crianças: uma menina de 8 anos, que passou por tomografia e aguarda avaliação cirúrgica; e um menino de 9 anos, que está sob acompanhamento da clínica médica.

CLARISSA THOMÉ, Agência Estado

30 de julho de 2013 | 13h01

Isabela Severo da Silva, de 3 anos, resgatada pelos bombeiros, chegou à unidade com parada cardiorrespiratória, passou por manobras de ressuscitação, mas não resistiu e morreu no hospital. O estado de saúde dos adultos internados é estável. São eles dois homens, de 42 e 29 anos, e duas mulheres, de 31 e 58 anos.

Mais conteúdo sobre:
adutorarompimentovítimas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.