Sem-terra é morto a pauladas no Vale do Paraíba-SP

O sem-terra Orlando Soares foi assassinado com golpes de pauladas na madrugada de hoje em São José dos Campos, no Vale do Paraíba. Soares estava em sua casa, no assentamento Nova Esperança, antiga fazenda Santa Rita, quando se desentendeu com um homem que trabalhava no local. Segundo testemunhas, ambos estavam alcoolizados, discutiram e o agressor acabou matando o sem-terra com ferimentos na cabeça. Dois outros integrantes do movimento sem-terra moradores do local viram o crime e prestaram depoimento na delegacia hoje. De acordo com os moradores, os envolvidos no crime bebiam muito e provavelmente estavam embriagados no momento da morte. A polícia civil de São José dos Campos investiga o homicídio. O autor foi identificado mas até o final da tarde continuava foragido. O Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) chegou a telefonar para o assentamento e, segundo a assessoria de imprensa do órgão, vai aguardar o término das investigações para tomar uma decisão. "Perguntaram o que ocorreu e nós pedimos que eles verifiquem, além deste crime, todas as irregularidades que acontecem aqui", contou um dos integrantes, que não quis sua identidade revelada. "São ocupações irregulares, lotes explorados por terceiros, falta de processo seletivo no recebimento de novas famílias", completou o denunciante. O assentamento Nova Esperança existe desde 2002 e possui 63 lotes onde moram cerca de 250 pessoas.

SIMONE MENOCCHI, Agencia Estado

03 de dezembro de 2007 | 18h14

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.