Servidor municipal é detido por cobrança indevida em SP

Um funcionário da Prefeitura de São Paulo foi detido ontem por cobrar dinheiro para a realização de um serviço irregular de rebaixamento de guia no Itaim Bibi, na zona sul da cidade. O homem trabalhavam na Subprefeitura Ermelino Matarazzo e estava de folga quando se ofereceu para realizar o serviço em um imóvel comercial da Rua Clodomiro Amazonas. Segundo a Secretaria de Coordenação das Subprefeituras, o serviço foi oferecido pelo funcionário público e por outras duas pessoas que ainda não foram identificadas. Eles cobraram R$ 1.500 pelo rebaixamento de guia.

PRISCILA TRINDADE, Agência Estado

15 de junho de 2010 | 20h10

Depois de concluir o trabalho, o funcionário informou que retornaria mais tarde para receber o dinheiro. A proprietária do imóvel ligou para a Subprefeitura Pinheiros e foi informada que nenhum funcionário do município tem autorização para oferecer esse serviço. O funcionário foi detido quando voltou para receber o valor acertado. Ele prestou depoimento no 15º Distrito Policial, no Itaim, sendo liberado na madrugada desta terça-feira. A secretaria destacou que a Prefeitura vai abrir um processo administrativo para investigar o caso.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.