Soldado é morto em suposta brincadeira em Recife

Leandro do Nascimento, 19 anos, foi atingido na barriga pela pistola de posse do colega, na sexta-feira

Angela Lacerda, Agência Estado

14 Maio 2012 | 14h00

RECIFE - O Exército está investigando a morte do soldado Leandro Henrique do Nascimento, 19 anos, cujo corpo será enterrado na tarde desta segunda-feira, no Cemitério Parque das Flores, em Recife. O soldado teria sido vítima de uma brincadeira com o colega Lucas Henrique do Nascimento, durante a troca de guarda do edifício 19 de abril, no bairro de Boa Viagem, zona sul da cidade, onde moram generais e são hospedados oficiais visitantes.

Leandro foi atingido na barriga pela pistola 19 milímetros de posse do colega, na sexta-feira. Foi submetido à cirurgia no Hospital da Restauração, mas não resistiu e morreu no sábado. Tudo indica que houve imprudência. Leandro estava sem o colete à prova de balas quando ocorreu o acidente e Lucas, que se preparava para render o colega, estaria com a pistola engatilhada e destravada.

Eles entraram no Exército no ano passado. O chefe da seção de Comunicação Social do Comando Militar do Nordeste , tenente-coronel Keunny Raniere, lamentou o ocorrido e lembrou que embora o Exército faça treinamentos constantes, incidentes podem acontecer. Lucas está detido no 4º Batalhão da Polícia do Exército. O inquérito deve ser concluído em um prazo de 40 dias.

Mais conteúdo sobre:
mortesoldadobrincadeira

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.