Sonda japonesa faz imagens de galáxia vizinha da Via-Láctea

A sonda de infravermelho Akari, um projeto conjunto da Agência de Exploração Espacial do japão (Jaxa) e da Agência Espacial Européia (ESA), está prestes a concluir uma primeira varredura completa do céu. No processo, o equipamento produziu a maior cobertura, em termos de diferentes comprimentos de onda, da Grande Nuvem de Magalhães, uma galáxia vizinha da Via-Láctea, localizada a 160.000 anos-luz.A Grande Nuvem de Magalhães contém cerca de 10 bilhões de estrelas, ou cerca de 10% da população da Via-Láctea. Uma das imagens feitas pela Akari mostra a distribuição de material interestelar - poeira e gás - pela galáxia. Grãos de pó das nuvens que se expandem no espaço são aquecidas pela luz de estrelas recém-nascidas, e devolvem essa energia sob a forma de luz infravermelha. Portanto, a emissão infravermelha indica um processo forte de formação de estrelas. A Akari foi lançada em 21 de fevereiro deste ano. Ela iniciou sua varredura do céu em maio, e completará a primeira passagem completa em ainda neste M~es de novembro. Estima-se que 70% do céu já tenha sido fotografado pela sonda.

Agencia Estado,

01 de novembro de 2006 | 17h51

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.