Tiro acidental mata diretor de TV Marcus Coqueiro

Um tiro acidental matou o diretor de TV Marcus Coqueiro de Vasconcellos, de 59 anos, no último dia 7, em sua casa, na zona oeste do Rio. O filho da vítima, Gabriel Coqueiro de Vasconcellos, de 23 anos, teria atirado no pai depois de confundi-lo com um ladrão.

AE, Estadão Conteúdo

14 de março de 2015 | 18h01

De acordo com a Delegacia de Homicídios (DH), Gabriel foi autuado em flagrante por homicídio culposo, em que não há intenção de matar. O jovem também deverá responder por posse irregular de arma de fogo. Depois de ser ouvido, ele pagou fiança e foi liberado. O caso foi encaminhado à Justiça.

Diretor de TV há duas décadas, Marcus Coqueiro trabalhou nas redes Record, Bandeirantes, SBT e Globo. Irmão do também diretor Ignácio Coqueiro, ele esteve à frente de novelas como Poder Paralelo (Record) e Amores Proibidos (Band) e Amor e Revolução (SBT).

Tudo o que sabemos sobre:
tiromortediretor de TV

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.