Total de mortos na Região Serrana do Rio sobe para 808

Ministério Público do Rio também atualizou a lista de desaparecidos na região: 418

Agência Estado,

23 de janeiro de 2011 | 11h31

RIO - O número de vítimas fatais das enchentes e deslizamentos de terra na região serrana do Rio de Janeiro chegou a 808, segundo boletim divulgado pela Secretaria de Saúde e Defesa Civil do Estado.

 

Veja tambérm:

linkCidades em 'emergência' em MG sobe para 98

linkBombeiros do Rio começam a desativar ajuda de terceiros

linkSC tem 5 mortes por chuvas e 15 mil fora de casa

linkFERNANDO GABEIRA: Chovendo na política

linkEDISON VEIGA: As tragédias de 1967

linkVeja como fazer doações para moradores da região

 

De acordo com o levantamento, divulgado às 16h deste domingo, 23, as chuvas deixam 390 vítimas em Nova Friburgo, 327 em Teresópolis, 66 em Petrópolis, 22 vítimas em Sumidouro, duas em São José do Vale do Rio Preto e uma vítima em Bom Jardim.

 

O boletim informa ainda que nas 15 cidades afetadas, aproximadamente 10 mil pessoas estão desabrigadas e ocupam abrigos públicos. Cerca de 11 mil pessoas tiveram que abandonar suas residências e ocupam a casa de parentes e amigos.

 

O Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) divulgou, em seu site, uma lista com o nome de 418 pessoas desaparecidas na região.

A lista nominal pode ser consultada no site do MPRJ www.mp.rj.gov.br.

 

Texto atualizado às 17h

Mais conteúdo sobre:
chuvasRioRegião Serranamortes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.