Tunísia aponta Beji Caid Sebsi como primeiro-ministro

Beji Caid Sebsi foi apontado como premiê da Tunísia em substituição a Mohamed Ghannouchi, que renunciou do cargo neste domingo, anunciou o presidente interino tunísio Fouad Mebazza.

REUTERS

27 de fevereiro de 2011 | 15h38

Mais cedo, Ghannouchi anunciou sua renúncia após uma onda de protestos nas ruas do país.

Críticos acusavam Ghannouchi de ser próximo a governos do Norte da África que foram derrubados por manifestações no mês passado e por falhar em aprovar reformas na Tunísia.

Três pessoas foram mortas e muitas ficaram feridas em conflitos entre as forças de segurança e manifestantes desde sexta-feira por causa do papel de Ghannouchi no governo interino.

Tudo o que sabemos sobre:
TUNISIANOVOPREMIE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.