Vai-Vai encerra desfile sobre 50 anos de Paulínia

Torcida da escola dominou uma ala inteira das arquibancadas do Anhembi

JOSÉ ROBERTO CASTRO, BRUNO RIBEIRO E MARINA AZAREDO, Agência Estado

01 Março 2014 | 06h05

A Vai-Vai encerrou seu desfile no Sambódromo de São Paulo por volta das 5h. A escola do Bexiga, maior campeã do carnaval paulista, levou para a avenida um enredo sobre a cidade paulista de Paulínia, sua história e seu cinema. A história contada no samba sobre os 50 anos de Paulínia começou bem antes da emancipação, quando a região ainda era habitada por escravos, no século XIX. A letra do samba, composta por Fagner Almeida, Mineiro, Loirinho, Marcinho Z.Sul e Edinho Gomes, falou sobre a vocação cultural da cidade, famosa por ser um polo de produção cinematográfica.

A Vai-Vai foi a sexta escola a entrar na avenida nesta sexta-feira, dia 28, primeiro dia de desfiles em São Paulo. A torcida da escola dominou uma ala inteira das arquibancadas do Anhembi desde as primeiras horas da noite. Na hora de mostrar sua paixão pela agremiação, a plateia não decepcionou: a escola começou o desfile já sendo ovacionada.

Folião assíduo da Vai-Vai, o ex-jogador Cafu minimizou o efeito da chuva sobre o desfile da escola. "Essa chuva só veio para abençoar a Vai-Vai. Pode até atrapalhar as outras escolas, mas para a Vai-Vai será uma bênção", disse o ex-jogador de futebol antes de entrar na avenida.

Mais conteúdo sobre:
carnaval 2014Vai-Vaidesfile

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.