Voto no Texas reflete divisões de um país inteiro

Estado que realiza primária concilia bolsões republicanos e áreas democratas.

Bruno Garcez, BBC

29 Fevereiro 2008 | 05h45

O Texas, que vai às urnas na prévia eleitoral do próximo dia 4 de março, possui, ao mesmo tempo, uma das regiões mais republicanas de todos os Estados Unidos e redutos fiéis aos candidatos democratas. A capital do Estado é conhecida como uma cidade liberal, mas partes do Texas integram o chamado ''Bolsão da Bíblia'' americano.É difícil apontar uma só razão para os diversos extremos texanos, típicos de um país, nem tanto de um Estado.Uma delas pode ser o fato de o Texas ter sido uma república autônoma entre 1836 e 1845 ou mesmo as agigantadas proporções do Estado, que é maior que a França, como muitos texanos gostam de lembrar.O sul do Estado, de predominância hispânica, tende a fechar com os candidatos do Partido Democrata.Em Laredo, cidade portuária que faz fronteira com o México, o prefeito, o democrata Raúl Salinas, é um ardoroso defensor de Hillary Clinton.A cifra oficial é de que 70% dos habitantes da cidade são de origem mexicana. Mas mesmo entre os hispânicos da fronteira, tradicionalmente leais aos candidatos democratas, é possível encontrar o outro extremo."Princípios cristãos"Modesto Rodriguez, que obteve a cidadania americana há dez anos, é uma dessas exceções.''Os republicanos conservam mais os princípios desta nação, que são princípios cristãos. Já os democratas querem até dar dinheiro para que jovens façam abortos. Nunca votei, mas vou me registrar para votar nos republicanos'', disse Rodriguez à BBC Brasil. O conservadorismo baseado em valores religiosos foi uma das forças motrizes que levou o ex-governador texano George W. Bush à Casa Branca.Em 2000, seu último ano à frente do governo do Texas, Bush, que já era candidato a presidente, assinou um projeto de lei instituindo o dia 10 de junho como sendo o ''Dia de Jesus''.A região central do Estado, onde Bush possui um rancho, na cidade de Crawford, é tida como uma das áreas com o maior número de republicanos em todo o país, mas a mesma área conta com um congressista democrata, Chet Edwards, que recentemente apoiou a candidatura do pré-candidato democrata à Presidência Barack Obama. A capital do Estado, Austin, é uma vívida cidade universitária, que abriga um dos maiores festivais de rock do país, o Austin City Limits. Um dos filhos ilustres de Austin é o cantor e compositor country Willie Nelson, cuja idolatria na cidade não sofreu qualquer abalo mesmo após ele ter se manifestado publicamente como um entusiasta da maconha e aparecido na capa da bíbila dos fumantes da droga, a revista High Times.ExecuçõesAustin é também sede da Texas Moratorium Network, uma ONG criada durante o gestão de Bush no Texas por militantes que visam impor uma moratória para a pena capital no Estado.Durante a gestão de Bush como governador, o Texas se tornou o Estado que realizou o maior número de execuções em todos os Estados Unidos, mais de 150.O Texas também conta com inúmeros entusiastas de armas de fogo e da Segunda Emenda da Constituição Americana, que assegura o direito ao porte de armas aos cidadãos do país.Uma das recentes paradas da campanha da senadora Hillary Clinton se deu na conservadora Amarillo.Enquanto o marido da senadora, o ex-presidente Bill Clinton, realizava um comício no principal centro de convenções da cidade, o local abrigava também uma feira anual de armas. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.