PUBLICIDADE

Câmara vai comprar 88 novas camas box king, queen e de solteiro para os apartamentos dos deputados

O processo para aquisição foi lançado na última semana de 2023; valor estimado será divulgado após envio dos lances

Foto do author Karina Ferreira
Por Karina Ferreira
Atualização:

A Câmara dos Deputados vai adquirir 88 novas camas estilo “box” para os apartamentos funcionais dos deputados. Os bens de consumo serão comprados via pregão eletrônico, publicado na última terça-feira, 26 de dezembro. O início dos lances está previsto para dia 17 de janeiro.

PUBLICIDADE

O edital prevê a compra de 50 camas box de solteiro, com cama auxiliar de embutir; 18 camas box de casal no tamanho king e outras 20 unidades no tamanho queen. O valor será divulgado quando terminar a fase de envio de lances pelos participantes.

“A aquisição visa atender a demanda de substituição de colchões velhos e camas box defeituosas, com estrutura danificada e sem condições de reparo”, consta como justificativa para a compra no edital. Procurada pelo Estadão, Câmara disse que todas as camas que serão substituídas têm mais de 10 anos de uso. “A distribuição irá manter a realidade já existente nos apartamentos funcionais. Portanto, camas queen serão substituídas por queen, king por king e camas de solteiro por camas de solteiro”, informou em nota.

As camas de solteiro devem ser de molas e ter pillow top – uma camada extra que vai em cima do colchão para dar mais maciez. Já os kits das camas de casal devem conter colchões com molas ensacadas e ser hipoalergênicos.

Outras quatro licitações para adquirir camas box foram lançadas pela Casa nos últimos sete anos. Em 2017, 60 camas box dos tamanhos king (12 unidades) e queen (48 unidades) foram adquiridas pelo valor total de R$ 52,7 mil.

Em 2020, outras 24 camas queen foram adquiridas por R$ 42 mil, e 60 camas de solteiro com cama auxiliar por R$ 76,2 mil. Em 2022, 12 camas box king foram compradas por R$ 35,8 mil e outras 36 unidades tamanho queen por R$ 80, 7 mil.

Vista aérea dos prédios funcionais usados por deputados federais. Edital prevê compra de 88 novas camas, para substituir itens velhos e defeituosos.  Foto: Dida Sampaio/Estadão

A licitação de 2021 previa camas dos três tamanhos, mas não consta vencedor para esses itens no resultado do pregão. No total, desde 2017, foram adquiridas 192 camas para os apartamentos dos deputados.

Publicidade

Também antes de fechar 2023, outro edital foi publicado pela Casa, mas esse na casa dos milhões. São previstos os custos de até R$ 100 milhões para a reforma de 48 apartamentos funcionais destinados à residência dos próprios parlamentares.

A licitação prevê que os apartamentos sejam subdivididos, dando origem a 96 unidades menores. Na justificativa da reforma, a Câmara diz que os imóveis em questão foram construídos há mais de 40 anos e desde então não teriam passado por reformas significativas.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.