PUBLICIDADE

Datafolha: Lula tem 50% dos votos válidos e Bolsonaro, 36%

Veja os números da penúltima pesquisa do instituto antes das eleições

Foto do author Levy Teles
Por Levy Teles
Atualização:

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) lidera a disputa ao Palácio do Planalto com 50% dos votos válidos, de acordo com nova pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira, 29. O presidente Jair Bolsonaro (PL) tem 36%. Eles são seguidos por Ciro Gomes (PDT), com 6%, e Simone Tebet (MDB), com 5%.

O petista tem chance de sair triunfante ainda no primeiro turno. Para isso, ele precisa da metade mais um de todos os votos válidos, que excluem quem votou branco, nulo ou não foi votar. A possibilidade está dentro da margem de erro, de dois pontos porcentuais para cima ou para baixo.

Lula tem a possibilidade de vencer a disputa no primeiro turno. Foto: Ricardo Stuckert

PUBLICIDADE

Soraya Thronicke (União Brasil) aparece com 1%. Os demais candidatos não pontuaram.

A Folha de S. Paulo, contratante da pesquisa, repete o procedimento usado em pleitos passados e agora destaca os votos válidos ao invés dos votos totais na reta final. Neste método, são excluídos os votos brancos, nulos e eleitores indecisos, seguindo o procedimento adotado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado da eleição.

O cenário é de estabilidade entre os principais nomes na disputa eleitoral. Tanto Lula como Bolsonaro mantiveram o mesmo número de intenção de voto em comparação ao levantamento anterior, do dia 22 de setembro.

Um diferencial significativo na atual pesquisa é que aumentou a quantidade de brasileiros que afirmam ter decidido em quem irão votar. 85% deles dizem que já definiram o seu candidato. O número surge quatro pontos acima em relação aos 81% da semana passada. Eleitores de Lula são os numericamente mais decididos (91%). Atrás estão os brasileiros que votarão em Bolsonaro (89%), Ciro (54%) e Tebet (62%).

Para os 15% dos entrevistados que ainda podem mudar de voto, Lula é aparece como a preferência caso ocorra uma migração de candidato. O petista é citado como a segunda opção por 21% dos brasileiros. Neste segmento, Ciro ocupa a segunda posição, com 19%, e é seguido por Bolsonaro, que tem 17%, e por Tebet, com 14%.

Publicidade

A candidatura petista investe os últimos esforços da campanha para tentar atrair o voto útil de eleitores da chamada terceira via para Lula para arrematar a vitória ainda no dia 2 de outubro. Outro desafio será evitar a abstenção dos eleitores, que pode influenciar os votos válidos.

Num eventual segundo turno entre os dois, o petista tem 15 pontos porcentuais de vantagem. Ele segue estável com os mesmos 54% das duas pesquisas anteriores, enquanto Bolsonaro conseguiu oscilar um ponto para cima, e agora tem 39% da preferência dos brasileiros. 6% dos entrevistados dizem que não irão votar e 1% não sabe.

O presidente tem a rejeição de mais da metade do eleitorado. 52% dos entrevistados dizem que não votariam de jeito nenhum no candidato à reeleição. Lula aparece na segunda posição com a reprovação de 39% das pessoas. Ambos também mantiveram os mesmo número em relação à pesquisa anterior.

PUBLICIDADE

A rejeição do governo do presidente se mantém estável nas últimas três pesquisas, em que 44% dos entrevistados dizem que ele faz uma gestão ruim/péssima. 25% dos brasileiros dizem que o chefe do Executivo faz uma administração ótima ou boa, oscilação de um ponto para baixo, enquanto 24% avaliam a atuação de Bolsonaro como regular, uma oscilação de um ponto para cima.

A pesquisa, contratada pela Folha de S. Paulo e pela Globo, foi realizada entre 27 e 29 de setembro e entrevistou 6.800 eleitores presencialmente em 332 cidades. O levantamento está registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-09479/2022. A margem de erro é de dois pontos porcentuais para mais ou para menos.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.