PUBLICIDADE

Lula faz confraternização com ministros; presidente do Banco Central, atacado pelo PT, vai a evento

Presidente reúne cúpula do governo em jantar na residência oficial da Granja do Torto

Foto do author Sofia  Aguiar
Por Sofia Aguiar (Broadcast)

BRASÍLIA - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva realiza na noite desta quinta-feira, 21, jantar de confraternização com ministros de seu governo. Desafeto do PT, partido de Lula, o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, também foi convidado e compareceu.

Lula foi o primeiro a chegar na residência oficial da Granja do Torto, onde ocorre o jantar. Pouco depois, chegou o ministro do Desenvolvimento Social, Wellington Dias.

O presidente Lula e a primeira-dama Janja oferecem um jantar de confraternização a ministros  Foto: Canal Gov / Canal Gov/Divulgação

PUBLICIDADE

Dentre os que compareceram à confraternização estão os ministros da Fazenda, Fernando Haddad, das Relações Exteriores, Mauro Vieira, das Relações Institucionais, Alexandre Padilha, da Secretaria-Geral da Presidência, Márcio Macêdo, e do Planejamento, Simone Tebet.

Em sua primeira gestão, de 2003 a 2010, Lula costumava convidar aliados e amigos para discutir política e jogar futebol no Torto. Dessa vez, o compromisso será um jantar.

O presidente, de 78 anos, operou uma artrose no fim de setembro. Durante a recuperação, publicou vídeo chutando uma bola e dizendo que logo estaria “perfeito para voltar a jogar bola”. A Granja do Torto é uma instalação da Presidência da República e serve como residência oficial.

O presidente e a primeira-dama visitaram o local na transição de governo para decidir se ficariam na casa até poderem se mudar para o Palácio da Alvorada. Eles acabaram passando o período todo em um hotel próximo à Esplanada dos ministérios até 6 de fevereiro, quando foram para o Alvorada.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.