EXCLUSIVO PARA ASSINANTES
Foto do(a) coluna

Bastidores da política e da economia, com Julia Lindner e Gustavo Côrtes

Plataforma Lattes terá informação sobre filhos

PUBLICIDADE

Por Marianna Holanda
Atualização:

Reprodução Google street view 

A plataforma lattes, de currículos do CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico), agora também terá informações sobre paternidade ou maternidade.

PUBLICIDADE

Assim como mostra publicações e a formação do pesquisador, o Linkedin do mundo acadêmico agora vai dizer também se a pessoa tem filho e quando ele nasceu.

O dado não será público nem obrigatório, mas servirá para análise interna do CNPq, que julga pesquisas e concede bolsas.

A proposta foi aprovada pela direção do órgão em março deste ano, mas a demanda é antiga, principalmente das pesquisadoras, que, ao ter filhos, tinham sua produtividade reduzida, mas o motivo não ficava claro no currículo.

 

Publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.