PUBLICIDADE

Tarcísio de Freitas não consegue se lembrar do local onde vota em SP durante entrevista

Candidato do Republicanos mudou o domicílio eleitoral para concorrer ao Palácio dos Bandeirantes; questionado, não soube informar o local e bairro de votação

Foto do author Gustavo Queiroz
Por Gustavo Queiroz
Atualização:

O candidato do Republicanos ao governo de São Paulo, Tarcísio de Freitas, disse nesta quinta-feira, 22, em entrevista à Rede Vanguarda, filiada da Rede Globo, que não se lembra do bairro e do local onde vota na cidade de São José dos Campos, no Vale do Paraíba.

PUBLICIDADE

Questionado sobre o assunto, o ex-ministro afirmou, em princípio, apenas ser “um colégio”. Questionado qual era o bairro e a escola, ele completou a frase da entrevistadora com um “agora fugiu à cabeça.”

O ex-ministro da Infraestrutura do governo Jair Bolsonaro (PL) nasceu no Rio e, até o início da corrida eleitoral, morava em Brasília. Para poder concorrer ao Palácio dos Bandeirantes, transferiu seu título e declarou endereço em São José dos Campos, onde afirmou que tem familiares que moram na cidade há mais de 20 anos.

O ex-ministro Tarcísio de Freitas declarou domicílio eleitoral em São José dos Campos, onde diz ter vínculos familiares.  Foto: Werther Santana/Estadão

Apesar de questionamentos judiciais sobre o domicílio eleitoral do ex-ministro, o Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) deferiu, por unanimidade, o pedido de registro de candidatura na semana passada. Tarcísio foi uma escolha pessoal de Bolsonaro para disputar o governo de São Paulo.

“No período do Ministério (da Infraestrutura) trabalhamos na questão da (rodovia) Dutra, na questão da concessão do aeroporto (de São José dos Campos), que foi logo após passado para iniciativa privada. Trouxemos investimentos para essa região, tenho familiaridade, tenho vínculo afetivo, frequentei muito durante um período da minha vida, é o local mais lógico para estabelecer domicílio eleitoral”, afirmou Tarcísio na entrevista.

Ironias

No Twitter, a campanha do governador Rodrigo Garcia (PSDB), que disputa o segundo lugar nas pesquisas com Tarcísio, ironizou a falha. “Já que é a primeira vez que você vota em SP, clica aqui pra descobrir o seu local de votação”, escreveu, inserindo um link do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que ajuda o eleitor a saber onde vota.

Em resposta ao governador, Tarcísio alegou que esqueceu o nome da escola, mas Garcia e o ex-governador João Doria (PSDB), “esqueceram das pessoas”. “Eu esqueci do nome da escola, você e Doria esqueceram das pessoas. Aumentando impostos, confiscando aposentadorias, deixando o jovem sem professor na sala de aula e sufocando o trabalhador com impostos. Disso o povo de São Paulo lembra muito bem”, afirmou no Twitter.

Publicidade

O candidato do PT, Fernando Haddad, também aproveitou do episódio, sem citar Tarcísio. “A quem interessar, eu voto há anos na Zona Eleitoral 258 - Seção 10, em Indianópolis.”

Tudo Sobre
Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.