Foto do(a) blog

Lugares, culturas e comportamento mundo afora

A Biblioteca Nacional do Qatar é um paraíso para quem gosta de livros (ou só de uma bela arquitetura)

PUBLICIDADE

Por amandanoventa
Atualização:

Já é uma tradição nas minhas viagens: antes de chegar ao destino eu sempre pesquiso se lá existe uma livraria ou biblioteca interessante para visitar. No Qatar não foi difícil encontrar. A Biblioteca Nacional do país é tão importante quanto o museu nacional ou até o hospital público.

Projetada por um dos arquitetos mais premiados do mundo, o holandês Rem Koolhas, a biblioteca fica dentro do campus universitário de Doha, chamado de Education City. Por fora, é um prédio de formato horizontal e que, honestamente, não chama muita atenção. É por dentro que ela encanta. 

 

 
 

PUBLICIDADE

Com janelas verticais que mudam a iluminação da biblioteca de acordo com a posição do sol, é impossível não se surpreender com a beleza minimalista do lugar. Logo na entrada, uma mesa disponibiliza blocos de anotação gratuitamente para quem quiser pegar. E então você se depara com as grandes escadarias onde cada degrau tem uma prateleira com sessão de livro. Se você quiser saber onde se encontra algum, basta procurar nos tablets disponíveis.

Além das mesas de estudo (devidamente ocupadas) dá para perceber que a biblioteca é também um lugar de refúgio. Silenciosa, ela ainda tem a instalação de cadeiras de balanço modernas de acrílico e pufes no chão para quem quiser relaxar. No meio de tudo, um café moderno que faz frente para um auditório que já recebeu palestras da Malala.

 

E quando sua cabeça já está em parafuso tamanha a modernidade de uma biblioteca para um país conservador, você percebe que existe um quadrado que se abre no chão para um andar rebaixado dedicado à herança histórica da região. São livros, documentos e gravuras antigas que registram a história de uma região desconhecida pelo Ocidente.

Publicidade

 

Para viajar ao Qatar e conhecer esta biblioteca:

Como chegar: A Turkish Airlines oferece voos diários para Doha, com conexão em Istambul (é possível fazer stopover com direito à guia de turismo gratuito pelo programa da cia aérea chamado Touristambul)

Onde ficar: A região de Souq Waqif é a mais recomendada com bons restaurantes e o mercado centenário e cultural a poucos passos.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.