Edinho, filho de Pelé, é preso no litoral de SP

O ex-goleiro do Santos FC e filho de Pelé foi preso na manhã desta terça-feira, 8, em Santos, acusado de envolvimento com o tráfico de drogas. Edinho foi condenado no último mês de maio a 33 anos e 4 meses de reclusão pelo crime de lavagem de dinheiro oriundo do tráfico de drogas.A prisão foi decorrente de uma decisão da juíza da 1.a Vara Criminal de Praia Grande.

ZULEIDE DE BARROS - ESPECIAL PARA AE, Agência Estado

08 Julho 2014 | 14h41

O ex-jogador não ofereceu resistência, de acordo com os policiais da Delegacia de Investigaqções Gerais (DIG). que o localizaram em sua própria casa. Edinho foi encaminhado à cadeia anexa ao 5.o Distrito Policial, localizado na Zona Noroeste, mas seu advogado informou que já está tentando a transferência para o presídio de Tremembé, que fica no Vale do Paraíba, em São Paulo.

Junto com o filho de Pelé foram condenados ainda Clóvis Ribeiro, conhecido como "Nai", Maurício Louzada, o "Soldado", Nicolau Aun Júnior, o "Véio" e Ronaldo Duarte Barsotti, o "Naldinho", apontado como chefe da organização criminosa, que tinha base em Santos, mas mantinha ligação com o Comando Vermelho, do Rio de Janeiro.

Mais conteúdo sobre:
Pelé filho prisão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.