1. Usuário
Geral
Assine o Estadão
assine


Farmacêutica AbbVie pressiona por acordo de US$46 bi com Shire

REUTERS

03 Julho 2014 | 09h 30

O presidente-executivo da farmacêutica AbbVie, Richard Gonzalez, tem agido para promover a aquisição da rival Shire por 46 bilhões de dólares, em encontros discretos com acionistas em Londres nesta semana, e avalia agora o próximo passo.

Acionistas da Shire que se encontraram com Gonzalez disseram que ele reiterou o cenário para o acordo, argumentando que a AbbVie criará mais valor com os ativos da Shire do que a especialista em doenças raras e hiperatividade poderia fazer sozinha.

Uma pessoa descreveu a reunião a qual comparaceu como bastante tranquila, com a AbbVie dando nenhuma indicação sobre a possibilidade de aumentar a sua oferta - um movimento amplamente esperado para fechar o negócio.

Gonzalez, que pelas regras de aquisição britânicas tem até 18 de julho para fazer uma oferta firme pela Shire ou desistir, voltou para Chicago, para o feriado de 4 julho nos Estados Unidos.

A AbbVie não quis comentar sobre os encontros.

A Shire rejeitou três propostas separadas do grupo dos EUA, argumentando que a última oferta de 46,26 libras por ação em dinheiro e ações subvaloriza a empresa fundamentalmente.

Fontes familiarizadas com a situação disseram que Gonzalez estava pronto a considerar uma oferta maior, mas primeiro queria explicar seu caso diretamente a grandes acionistas da Shire e pedir a eles que coloquem mais pressão para a direção da Shire se envolver, quando também ouviria seus pontos de vista sobre a oferta.