AO VIVO

STF julga se PF tem competência para fechar acordos de delação; assista

Rebelião em presídio de Porto Alegre é controlada

Detentos protestavam contra falta de água e problemas com a energia elétrica nos pavilhões

Ricardo Valota, estadao.com.br

17 Fevereiro 2009 | 07h00

Foi controlada no final da noite desta segunda, 16, uma rebelião promovida pelos detentos dos pavilhões B e C do Presídio Central de Porto Alegre, localizado no bairro Partenon. Fogo foi ateado nos colchões pelos rebelados, que protestavam contra a falta de água no pavilhão B e problemas de energia elétrica numa das galerias do pavilhão C. Os bombeiros foram acionados e controlaram as chamas. Policiais do Batalhão de Operações Especiais (BOE) cercaram o prédio para evitar uma fuga. Os agentes prisionais, após o término do motim, realizaram uma revista nas celas, que ficaram parcialmente destruídas. Durante a tarde, outro motim já havia ocorrido no presídio. Um dos presos foi ferido por uma bala de borracha. Os 68 detentos do pavilhão J se recusaram a voltar do banho de sol e se rebelaram. Bancos e mesas usados nas refeições foram quebrados e com eles barricadas foram montadas.

Mais conteúdo sobre:
violência RS rebelião

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.